Registados 43 incêndios no Cuanza Sul

0

angolaSumbe – Os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros no Cuanza Sul registaram, durante o primeiro semestre do ano, 43 incêndios, dos quais resultaram dois mortos e sete feridos, indica um relatório desta instituição que à Angop teve hoje, terça-feira, acesso, nesta cidade.

No documento os Serviços de Bombeiros assinalam 343 ocorrências neste período, menos 108 que no semestre anterior de 2013, tipificadas em incêndios, acidentes de viação, afogamentos, neutralizações, desencarceramento, agressão física, recaídas, partos e queda de árvore.

A negligência, curto-circuito, fogo posto, fuga de gás e aquecimento de cintas de travões, com prejuízos avaliados em três milhões 470 mil e 600 Kwanzas, são apontados como os motivos dos incêndios que tiveram lugar nos municípios do  Sumbe, Porto-Amboim, Amboim, Ebo, Libolo e Quilenda.

No período em referência foram ainda realizadas dezenas de  trabalhos profiláticos, entre  inspecções iniciais, reinspecções, vistorias ,  protecção  aos banhistas, da qual resultou o salvamento de quatro cidadãos na eminência de afogamento, e acções de sensibilização através da distribuição de panfletos.

(Fonte: ANGOP)

 




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).