É a vez de “Maria”

0

(actualização 22h14)

As ilhas de Martinica, Guadalupe e Dominica estão em alerta vermelho por causa do furacão. O Maria passa durante a madrugada de terça-feira junto à costa dos dois territórios franceses.

O furacão Maria ganhou força e atinge agora a categoria 4, numa escala de 5, quando prossegue em direção às Caraíbas, anunciou esta segunda-feira o Centro Nacional de Furações (NHC) norte-americano em Miami.

O NHC precisou que o olho do furacão deverá atingir as ilhas Leeward ao início da noite de hoje, quando o centro se situava a cerca de 95 quilómetros a leste da Martinica, com ventos máximos que atingem os 195 quilómetros por hora.

O furacão mantém um percurso que o levará para perto das ilhas atingidas pelo furacão Irma e ainda em direção a Porto Rico, República Dominicana e Haiti. Já foram emitidos avisos de furacão em Guadalupe, Dominica, St. Kitts, Nevis, Montserrat e Martinica.

O NHC tinha-o classificado em Categoria 2 às 13:00 (hora de Lisboa), e avisa que o furacão pode continuar a ganhar força rapidamente.

“Aguarda-se um rápido fortalecimento adicional do Maria durante os próximos dias, e o sistema pode converter-se num “perigoso furacão” enquanto de “move pelas ilhas do o nordeste do Caribe”, sublinhou o NHC, que admite a sua aproximação às Ilhas Virgens e a Porto Rico na quarta-feira.

A “perigosa agitação marítima” e as “destrutivas ondas” provocadas pelo Maria já estão a afetar todas as Antilhas Menores, com subidas do nível do mar entre 1,8 e 2,7 metros.

(Fonte: TSF)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).