Descarrilamento de comboio no Egito provoca 19 mortos e mais de cem feridos

0
550O novo balanço Ministério da Saúde do Egito indica que pelo menos 19 pessoas morreram e 107 ficaram feridas na sequência de um descarrilamento de um comboio a sudoeste da capital do país.

O comboio que transportava recrutas militares circulava em direção ao Cairo quando duas carruagens descarrilaram pouco depois da meia-noite local em Badrasheen, na província de Gizé, disse fonte oficial à AFP.

Mais de 60 ambulâncias acorreram ao local e os serviços de emergência foram acionados para socorrer os feridos.

Este acidente é o mais recente de uma série de desastres de transportes que têm ocorrido no país.

Em novembro, cerca de 50 crianças morreram quando um comboio esmagou o autocarro que as transportava, no centro do Egito, depois de um operador da linha férrea ter adormecido, desencadeando protestos e demissões.

O registo de má segurança da rede ferroviária resulta da manutenção deficiente e pobre gestão.

A maior tragédia ferroviária ocorrida no Egito verificou-se em 2002, quando um incêndio num comboio provocou a morte a mais de 360 passageiros.

Desde há muito que os egípcios se queixam da incapacidade de os governos lidarem com os crónicos problemas de transportes, com as estradas mal mantidas tal como as linhas férreas.

FONTE: TSF

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.