Cinco mortos no Chile. Decretado estado de catástrofe

0

sismo_sismografo_ReutersEra noite quando a população do Norte do Chile foi acordada com um forte sismo. Várias zonas costeiras foram evacuadas, mas o alerta de tsunami foi entretanto levando na maior parte da costa.

Foi decretado, esta quarta-feira, o estado de catástrofe natural no Norte do Chile, sacudido ao início da madrugada por um sismo de magnitude 8,2 na escala de Richter.

A decisão foi tomada pela Presidente Michelle Bachelet, que hoje se desloca às zonas mais afectadas pelo terramoto de 8,2 na escala de Richter, que causou pelo menos cinco vítimas mortais.

Michele Bachellet deixou um apelo à população: “O país lidou bem com as primeiras horas desta emergência. Eu queria fazer um apelo às pessoas que estão nas zonas afectadas: mantenham a calma, sigam as instruções das autoridades e façam o necessário para garantir a segurança das suas famílias”.

O abalo teve epicentro no mar, pelo que foi emitido um alerta de tsunami em vários países da região: Chile, Peru, Equador, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Nicarágua e Hawai. Foi ordenada a evacuação das zonas costeiras.

Ao início da manhã, o alerta foi levantado na maior parte da costa norte do Chile.

A força do sismo foi tal, que as pessoas saíram às ruas e seguiram para as zonas altas, por temerem os efeitos de um tsunami. A zona mais afectada foi Arica/ Iquique, no Norte do país.

Com o nascer do dia, serão mais perceptíveis os efeito deste sismo.

Em 2010, um sismo com uma magnitude de 8.8 na escala de Richter provocou um tsunami que atingiu várias cidades costeiras das regiões Centro e Sul do Chile. Morreram 526 pessoas.

FONTE – RR

 

Sismo



Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.