Catalunha: Bombeiros protegeram cidadãos e acabaram agredidos pela polícia espanhola

0

Este é mais um gesto que está a correr o mundo. No meio do caos que se viveu este domingo na Catalunha, com intervenções policiais para impedir a realização do referendo sobre a independência da região, alguns bombeiros viram-se obrigados a intervir.

De que forma? Formando um cordão entre a polícia e a população, protegendo estes últimos da carga policial.

De salientar que mais de 500 pessoas ficaram feridas na sequência dos distúrbios relacionados com a realização do referendo.

A justiça espanhola, recorde-se, considerou ilegal a consulta popular pela independência convocada para hoje pelo governo regional catalão e deu ordem para que a polícia regional fechasse os locais de votação, o que tem acontecido com violência.

Face à inação da polícia regional em alguns locais, foram chamadas a Guardia Civil e a Polícia Nacional espanhola. Foram estes corpos de polícia de âmbito nacional que então protagonizaram os maiores momentos de tensão para tentar impedir o referendo.

(Fonte: Notícias ao Minuto)

Sobre o autor

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).