Brasil: Bombeiros salvam criança durante aniversário da corporação

0

No dia 26 de Setembro, dia em que os bombeiros de Santa Catarina (Brasil) celebravam o 91.º aniversário daquela corporação, houve uma ocorrência que dificilmente será esquecida por todos os bombeiros.

Os bombeiros têm de estar preparados para responder a solicitações a qualquer altura do dia, por vezes em momentos inesperados, e foi isso que aconteceu durante as cerimónias do aniversário dos Bombeiros Militares de Santa Catarina. Por volta das 13h, um casal entrou no Centro de Ensino do Bombeiro Militar, em Florianópolis, com o seu filho (uma criança de um ano e três meses) em paragem cardiorrespiratória, já com sinais claros de cianose (extremidades da boca, dos olhos e dedos das mãos e pés roxos).

Um dos bombeiros, a sargento Krueger, apercebeu-se da aflição dos pais e levou a criança de imediato para uma sala do centro de ensino, onde começou a efectuar as manobras de reanimação cardíaca e respiratória. Acompanharam-na nestas manobras, os bombeiros Amorim e Jacymir, também eles sargentos. Após as primeiras compressões torácicas e ventilações, a criança voltou a ter pulso e começou a respirar, abrindo logo os olhos.

A bombeira Krueger, emocionada, disse à comunicação social que naquele dia também era o “aniversário da minha filha e tive a oportunidade de poder ajudar uma mãe”. Ela e os Sargentos que socorreram o menino são instrutores Emergência Pré-hospitalar do Centro de Ensino da corporação. “É estar no momento certo, na hora certa… Algumas coisas não têm explicação”, completou o Sargento Amorim. “Foi tudo muito rápido. Na hora a gente só pensa em agir”, concluiu o Sargento Jacymir.

Depois desta primeira intervenção com Suporte Básico de Vida,  o menino foi entregue aos cuidados dos SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que entretanto tinha sido chamado, e levado para o hospital.

Segundo informações recolhidas pelos bombeiros, o menino estava numa clínica de fisioterapia que existe nas proximidades a fazer reabilitação (tem uma doença degenerativa) quando entrou num quadro convulsivo e perdeu os sentidos, tendo entrado em paragem respiratória e cardíaca.

Conheça os procedimentos que deve assegurar se encontrar alguém em paragem cardiorrespiratória: clique AQUI Guia Suporte Básico de Vida

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011.
A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).