Bombeiros dos EUA ficam feridos durante o “desafio do balde de gelo”

0
(Foto: Dylan Lovan/AP)

(Foto: Dylan Lovan/AP)

Quatro bombeiros de Campbellsville, no Kentucky (EUA), ficaram feridos após ajudarem estudantes da Universidade de Campbellsville a cumprirem o “desafio do balde de gelo”.

De acordo com a CNN, a eletricidade vinda de um cabo de força fez com que os bombeiros levassem um choque depois de terem borrifado a água sobre os alunos. O chefe de polícia de Campbellsville, Tim Hazlette, disse que, após a pulverização de água, os alunos saíram e os bombeiros começaram a mover-se de volta à escada. De repente, a plataforma no topo da escada ficou muito próxima dos cabos de força, dando um choque aos bombeiros. Havia dois homens dentro da plataforma e dois no chão.

O Capitão Tony Grider, de 41 anos, e o bombeiro Simon Quinn, de 22, estavam dentro da plataforma. Eles foram levados para o Hospital Regional Taylor e, em seguida, transferidos para a Unidade de Queimados da Universidade de Louisville. “Um está em estado grave, o outro está estável. Ambos estão no Nível 1 da Unidade de Queimados do hospital”, disse David McArthur, porta-voz do KentuckyOne Health à CNN.

Os dois outros bombeiros, o capitão Steve Marrs, de 37 anos, e Alex Johnson, de 28, receberam choques elétricos enquanto tentavam baixar o balde e uma corrente elétrica viajou para baixo da escada estendida, disse Hazlette. Marrs e Johnson foram levados para o Hospital Taylor Regional. O primeiro teve alta e Johnson foi internado para observação.

O incidente continua sob investigação, mas, de acordo com Hazlette, a escada nunca tocou os cabos de força próximos.

O “desafio do balde de gelo” consiste em lançar um balde de água com pedras de gelo em cima da pessoa e surgiu como uma forma de consciencialização sobre a doença de Esclerose Lateral Amiotrófica (ALS, na sigla em inglês), e tornou-se viral nas redes sociais na última semana.

Diversos famosos – incluindo grandes nomes da Tecnologia, como Bill GatesMark Zuckerberg e Tim Cook – toparam o desafio e, além de jogarem o balde de água fria em cima deles mesmo, realizaram doações para a ALS Association.

(Fonte: Info Corporate)




Sobre quem enviou a noticia

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).