Alemanha: Schumacher não ia depressa na altura do acidente

0

finalizar_1388428108_posts__schumacher_esquO ex-piloto de Fórmula 1 alemão Michael Schumacher foi submetido a nova operação cirúrgica e o seu estado “melhorou ligeiramente”, embora continue “crítico”, revelou o hospital de Grenoble, França, onde está internado desde domingo.

“Ainda não está fora de perigo, mas ganhámos tempo”, disse o doutor Jean-François Payen, durante uma conferência de imprensa que fez um ponto de situação do estado de saúde do ex-piloto, que sofreu no domingo um grave acidente quando esquiava na estância de Méribel, nos Alpes franceses.

Aquele médico acrescentou que, “em relação a ontem (segunda-feira), a situação está mais bem controlada”, mas o estado do sete vezes campeão do Mundo de Fórmula 1 continua a ser considerado “crítico e frágil”.

Os médicos revelaram que mantêm o corpo de Schumacher no estado de “hipotermia” e em “coma induzido”, acrescentando ainda que ficaram “surpreendidos” com a “melhoria” do seu paciente. Adiantaram que uma transferência de Schumacher neste momento seria “perigosa”.

Schumacher, que na sexta-feira cumpre 45 anos, encontra-se em coma induzido e em estado crítico desde domingo, depois de ter sofrido uma pancada forte na cabeça na sequência de uma queda.

O jornal alemão Bild revelou hoje que o capacete de proteção que Michael Schumacher usava na altura do acidente na pista de esqui de Maribel, se partiu em dois,devido ao violento impacto com a rocha.

Fonte da equipa de resgate, citada pelo jornal, adiantou que, quando os socorristas chegaram ao lugar do acidente, “o capacete estava partido e via-se muito sangue”.

A mesma informação foi confirmada à agência France Press por uma fonte da investigação.

 

(Fonte: RTP)

About author

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).