Viatura de combate a incêndios do Aeroporto Internacional da Madeira.

2

O Striker 3000, a primeira do género a operar em aeroportos europeus,  reúne um poderoso sistema de combate ao fogo, dispondo de soluções de água e espuma, com capacidade de armazenamento de cerca de 11.000 litros de água e 1.600 litros de espuma, sendo a capacidade de descarga de 7.570 litros por minuto.

Dispõe ainda de 277 kg de pó químico seco com poder de descarga de 7,3 kg por segundo. Ainda neste âmbito destaca-se o «Sistema de Hydrochem» o qual permite a descarga simultânea de água, espuma e pó químico seco, através de potentes monitores capazes de projetarem os agentes extintores a 75 metros. Com uma superfície total superior a 7,8m2 de área envidraçada, permite às tripulações uma grande visibilidade a nível frontal, lateral e vertical.

Destaca-se também o motor de elevada potencia com 700BHP, que permite uma aceleração de 0 a 80 km/h em menos de 35 segundos e uma velocidade de ponta na ordem dos 113 km/h. A viatura encontra-se equipada com suspensão independente, permitindo que cada roda que se mova verticalmente de forma independente das restantes, possibilitando efetuar curvas a grande velocidade sem perda de controlo, com grande eficácia e velocidades em circulação fora de estrada.

FONTE: Bombeiros.pt/DN

Jornal da Madeira

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda.
Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe.
É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

  • Uma pequena correção ao artigo, já existia strykers 3000 na Europa, e em portugal, Lisboa, Porto e Faro já têm dessas viaturas desde Janeiro de 2008

    • A fonte é do DN adaptado por nós.
      Dado ao nosso desconhecimento na matéria, agradecemos o seu reparo.