Figuras que metem nojo

5
João Paulo Teixeira

João Paulo Teixeira

Há pessoas que me metem nojo. Criaturas que se elevam pisando os outros. “Patos bravos” que têm de se aproveitar dos bombeiros para se exibirem. Sem uma associação de bombeiros nunca sairiam da toca. Se há um sujeito que, para mim, simboliza estes exploradores de boas vontades é o, ainda, presidente da Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Sines.

Não preciso de referir a dúzia de operacionais – dos melhores bombeiros que Sines tem – que pediram a demissão; nem preciso de recordar que terá dito, durante um incêndio, para os bombeiros beberem água da cisterna, depois destes terem pedido água para beber; nem de mencionar várias pessoas, que eu conheço, que intrujou.

Basta-me falar de mim. Deixei o meu emprego, era editor executivo do jornal Bombeiros de Portugal, trabalhava na Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) e mudei radicalmente a minha vida, porque acreditei no presidente João Santa Bárbara. Fui enganado. Nada do que ele prometeu aconteceu. Vi ludibriar outros elementos da sua direção – à minha frente –, fiquei desempregado e com a vida destroçada.

Demorou, mas “dei a volta”. Hoje encontro-me melhor do que estava e aprendi. Confirmei, de perto, que há pessoas que podem apresentar obra, mas à custa dos outros, a quem espezinham, humilham e oprimem. Constatei que há muitos capachos por aí, prontos a servir estes “senhores”, mesmo sabendo do que são capazes. Senti o sabor da revolta e da impotência de nada poder fazer.

Desejo que os Bombeiros de Sines consigam dar a volta. Sei que têm um bom comandante, operacionais capazes (se entretanto não se demitirem) e têm uma zona muito complexa. Desejo que os políticos locais sejam neutros em relação aos atuais elementos dos órgãos sociais e que o Conselho Executivo da LBP sinta vergonha de ter atribuído o Crachá de Ouro a João Santa Barbara.

No facebook já se vai vendo perfis de utilizadores com a fénix dos Voluntários de Sines a preto e branco. É um grito de alerta de alguns. Este texto de opinião é o meu grito. Um alerta apontando quem me mete nojo.

João Paulo Teixeira

 




Sobre quem enviou a noticia

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.