“Cantor é preso por usar indevidamente a farda de bombeiro”

0

Sérgio Cipriano – scipriano@bombeiros.pt

“Aconteceu na SIC no passado fim de semana, um cantor de música pimba usou indevidamente o fardamento de bombeiro e perante a queixa da ANEPC e da Liga de Bombeiros, o músico foi preso e será presente a juiz no local da sua residência.”

Não se iludam, todo o texto lido até aqui foi “maquinado” por mim para vos fazer ler a minha crónica… indignem-se se faz favor, com as próximas palavras.

Há muito tempo que este cantor ou músico, como lhe queiram chamar, usa e abusa do fardamento de bombeiro para promover a sua musica (e espantem-se!) com o consentimento de todas as entidades ligadas aos Bombeiros Portugueses e aposto que, até o “zé bombeiro” (poucos!) lhe devem achar alguma piada.

A verdade é que, esta postura/atitude não abona em nada a favor da imagem dos Bombeiros Portugueses, bem pelo contrário, e portanto, considero que as entidades competentes deviam manifestar-se e atuar perante o uso abusivo do fardamento.

Há uns meses atrás apercebi-me que numa novela portuguesa, um suposto militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) usava um distintivo e fardamento diferente da GNR, ou seja, a produção da novela criou propositadamente uma “Guarda” fictícia.

Fiz dois ou três contatos e apercebi-me que a produção da novela não tinha tido autorização da GNR para usar a sua farda e os seus respectivos distintivos (e muito bem!). O que estava em causa, segundo apurei, o papel atribuído ao ator que fazia de guarda, denegria de alguma forma a imagem e a postura da Guarda perante a sociedade portuguesa!

A questão que se coloca e sem muitos rodeios:

1º. Quem é que afinal pode colocar “mão” na imagem dos Bombeiros Portugueses?

2º. De que vale apregoarmos em programas eleitorais que a imagem dos bombeiros é de fundamental interesse e não fazemos nada para a alterar?

Senhores candidatos à Liga de Bombeiros, se vossas excelências, não colocarem nem uma virgula nos vossos programas eleitorais, com alternativas concretas e desenvolvidas, sobre a mudança da imagem dos Bombeiros Portugueses perante a sociedade, a vossa candidatura é uma candidatura FALHADA!

 

 

About author

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.