Sócrates envolve Bombeiros em plano de fuga

0

bocaJosé Sócrates, antigo Primeiro-Ministro e líder do Partido Socialista, engendrou um plano de fuga da prisão de Évora, onde se encontra detido preventivamente, que envolve meios ao serviço dos Bombeiros.

Sabe o «Boca» d’Incêndio, através de fonte próxima das barras penais que controla a correspondência de Sócrates, que o engenheiro filósofo tem saudades de se passear por Montmartre, mais especificamente por Pigalle, onde se concentram o Moulin Rouge e imensas salas de teatro burlesco e sex shops. Terá sido, aliás, esta lembrança quente e fogosa que originou o plano de intenções que envolve os Bombeiros.

Segundo a mesma fonte referiu ao «Boca» d’Incêndio, o engenheiro terá pedido aos seus contactos no exterior da prisão que tentassem saber “junto dos corpos de bombeiros” se estes “podiam emprestar um daqueles carros compridos e com escadas que eles utilizam para mudar lâmpadas e subir aos telhados” para o “tirarem” dali.

Numa das cartas enviadas por Mário Soares, este diz mesmo a José Sócrates que faz “bem em pedir aos Bombeiros esta ajuda”, pois eles “conseguem fazer milagres”. E realça a grande ajuda destes maravilhosos homens e mulheres na altura em que perdeu “os comprimidos à entrada para a visita a Sócrates” e “foram os Bombeiros que os encontraram e entregaram à saída”, acrescentando que a única coisa de que se lembra desse dia são as palavras “Vá, Dr. Mário Soares, agora já pode fazer a viagem para Lisboa e apreciar a paisagem” ditas por uma “jovem bombeira com fogo nos olhos e no corpo”.

O «Boca» d’Incêndio tentou contactar oficialmente os corpos de bombeiros do distrito de Évora, mas nenhum deles pode prestar declarações sobre este caso, alegando a existência de um blackout imposto pelo líder da confederação de bombeiros.

A juntar a tudo isto, vários grupos de comunicação e imagem afirmam que estão a receber insistentemente uma mensagem nos seus endereços electrónicos que diz: “Favor parar junto às traseiras e encostar a escada à guarita do Guarda Mais Bonito! Apitem dois tinonis, por favor!”, sendo esta mensagem assinada, misteriosamente, por um tal de “44 Friends”.

O «Boca» d’Incêndio está a tentar descobrir quem será o “44 Friends” e vai revelá-lo publicamente assim que seja possível, mas tem sido extremamente difícil por causa das dores numa Perna.

 




Sobre quem enviou a noticia

«Boca» d’ Incêndio

«Boca» d’ Incêndio

A «Boca» d’ Incêndio é o nome que intitula uma rubrica humorista do portal bombeiros.pt. Jornalistas e bombeiros desenvolvem semanalmente notícias humorísticas que “esmiúçam” os bastidores do mundo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Apesar de devidamente identificada como «Boca» d’ Incêndio, esta rubrica leva a que alguns dos nossos leitores acreditem no seu conteúdo, derivado à proximidade das notícias com a realidade. No entanto, todas as notícias publicadas na «Boca» d’ Incêndio são puramente ficcionais ou não e não pretendem mais do que trazer sorrisos e bom humor ao universo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Sorria e esteja atento às madrugadas de Sábado, no momento em que a «Boca» d’ Incêndio jorrará!