GNR assume controlo do combate aos incêndios

0

A Guarda Nacional da República (GNR), a força policial militarizada e multifuncional do Estado, vai ser dona e senhora do combate aos incêndios em Portugal.

Sabe o «Boca» d’ Incêndio que os Bombeiros Portugueses acabaram de ser descartados de toda e qualquer função de combate a incêndios florestais e rurais, tendo sido dito pelo Primeiro-Ministro na comunicação ao país depois do Conselho de Ministros de sábado que a única força de combate a incêndios que mostrou, “nos últimos dez anos”, ser “altamente profissional” foi o Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro (GIPS) da GNR.

Segundo contou ao «Boca» d’ Incêndio fonte muito bem situada na Comissão Técnica Independente, que elaborou o relatório que vai curar todas as feridas do país, “a militarização da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) será determinante para que o combate seja feito com eficiência, pois só os Sapadores Florestais e a GNR é que o sabem fazer”. Questionada pelos repórteres do nosso jornal não de caserna sobre a total devastação pelos incêndios de dia 15 de Outubro de áreas entregues à gestão de Sapadores Florestais e de GNR, a mesma fonte afirmou que “só ardeu porque os Bombeiros não apareceram”.

O especialista mor da comissão de técnicos, localizado lá para o norte de Portugal, disse ao «Boca» d’ Incêndios que “os Bombeiros não sabem trabalhar, não sabem proteger nem sabem o que andam a fazer” e acrescentou que “há anos que esperava a oportunidade para dar uma machadada nesses ditos soldados da paz”. Questionado sobre as razões que o levam a ter tamanho ódio aos Bombeiros, o especialista da floresta assumiu que “desde que a minha namorada me trocou por um bombeiro, nunca mais fui o mesmo”.

Contactado o Comando Geral da GNR, sobre a intenção do governo em lhe entregar toda a gestão do combate a incêndios, o «Boca» d’ Incêndio ficou a saber que “é uma óptima notícia, pois temos aqui uns generais que precisam de ser promovidos e já estavam a ficar chateados por não terem vagas”. Sobre a existência de meios para a acção, o Comando Geral da GNR informou o «Boca» d’ Incêndio de que “terá de entrar dinheiro nos cofres da instituição, só assim conseguimos comprar o material e as viaturas necessárias”.

Falámos com alguns responsáveis dos Bombeiros Portugueses que se revelaram completamente “chocados” com as notícias que estão a ser avançadas. Ao «Boca» d’ Incêndio é mesmo dito que “estamos à espera de ser esclarecidos pelos Ministros deste país acerca daquilo que está a ser preparado e avançaremos para uma recusa total em integrar qualquer Teatro de Operações fora das localidades.” O mesmo responsável garante que “temos aceitado as verbas que o Governo nos dá para fazer a Defesa da Floresta, dizendo sempre que é uma verba ridícula naquilo que diz respeito ao perigo e ao tempo que passamos no combate. Agora vamos exigir o mesmo que os outros: no máximo 8 horas empenhados e um pagamento nunca inferior a 50 euros por cada turno de 8 horas. Querem brincar connosco? Pois vamos lá para a guerra que eles promoveram.”

Um especialista da análise da segurança interna garantiu ao «Boca» d’ Incêndio que o país não tem capacidade para sustentar uma máquina de defesa contra incêndios sem a presença dos milhares de bombeiros voluntários, “por esta razão será de bom tom não extremar ainda mais as posições”. “O que vão fazer com a Força Especial de Bombeiros? Convertê-la em GIPS?”, interroga o especialista.

Sabe o «Boca» d’ Incêndio que o aparecimento dos GIPS em todo o país durante o verão e o desaparecimento da FEB provam a intenção de entregar a ANPC à GNR. Sabe a nossa equipa que a passividade em demitir o 2.º CONAC (algo que não aconteceu em relação a Rui Esteves) prova que o “assalto ao poder” está em curso. Sabe o repórter da nossa equipa que trata de inventar estas coisas que o próximo Presidente da ANPC vai ser também um General da GNR.

O «Boca» d’ Incêndio regressará em breve a este tema, provavelmente quando o especialista da comissão técnica atacar outra vez os bombeiros e provar que os incêndios de 15 de Outubro foram, afinal, todos por culpa dos Bombeiros Portugueses.

Entra na página do Facebook do Portal Bombeiros.pt (https://www.facebook.com/www.Bombeiros.pt), faz “Gosto” e conhece em primeira mão todas as notícias que o «Boca» d’Incêndio tem para te oferecer!

Envia-nos também as notícias e fotos do teu corpo de bombeiros ou de outras forças operacionais para redacao@bombeiros.pt e ajuda a manter informados todos os Bombeiros Portugueses!

A inovação na informação passa por ti!

About author

«Boca» d’ Incêndio

«Boca» d’ Incêndio

A «Boca» d’ Incêndio é o nome que intitula uma rubrica humorista do portal bombeiros.pt.
Jornalistas e bombeiros desenvolvem semanalmente notícias humorísticas que “esmiúçam” os bastidores do mundo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil.
Apesar de devidamente identificada como «Boca» d’ Incêndio, esta rubrica leva a que alguns dos nossos leitores acreditem no seu conteúdo, derivado à proximidade das notícias com a realidade.
No entanto, todas as notícias publicadas na «Boca» d’ Incêndio são puramente ficcionais ou não e não pretendem mais do que trazer sorrisos e bom humor ao universo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil.
Sorria e esteja atento às madrugadas de Sábado, no momento em que a «Boca» d’ Incêndio jorrará!