Bombeiros proibidos de fazer selfies

1

BxtNELlIYAAlfT6O assunto parece não agradar a todos, mas o que certo, é que o despacho 45215/2015 estabelece e proíbe todos os bombeiros de fazerem selfies enquanto estão fardados e ao serviço dos corpos de bombeiros.

O propósito deste despacho, explica fonte do MAI à «Boca» d’ Incêndio, tem por missão “neutralizar” as milhares de imagens que são depositadas pelos bombeiros nas redes sociais. A “moda”, segundo a mesma fonte, originou já uma serie de processos disciplinares, mas ao que tudo indica sem uma base legal.

Contatado pela «Boca» d’ Incêndio um bombeiro do Canidelo refere que “…nada o demoverá de fazer selfies.” até porque “…o Facebook é meu e eu faço dele o que bem entender.” referiu.

Porém, o «Boca» d’ Incêndio abordou uma serie de agentes de proteção civil para tentar apurar a sua opinião, dado que, as selfies são prática corrente dos bombeiros, mas não de outras forças como o INEM, FEB, GIPS, PSP, GNR e sapadores bombeiros.

Um oficial da Guarda Nacional Republicada referiu à «Boca» d’ Incêndio que este fenómeno tem haver com o respeito que existe pela farda e pela instituição, chegando mesmo a referir “…que tirem selfies à civil, ninguém os impede.”

“…a verdade é que ninguém parece estar preocupado com a imagem dos bombeiros.” diz um bombeiro anti-selfies, que considera “…algumas imagens inoportunas e que colocam em causa o bom nome da instituição”, afirmando que “…este despacho só peca por tardia.”.

Já o gabinete de comunicação do INEM referiu que todas as imagens publicadas por esta instituição têm um tratamento e uma seleção, a informação é centralizada com aquele gabinete por forma a evitar situações que coloquem em causa o seu bom nome deste instituto.

A Direção Nacional de Bombeiros, contactada pela «Boca» d’ Incêndio, refere que este órgão não tem condições de gerir o problema, dado que, não tem qualquer poder hierárquico sobre os corpos de bombeiros, cabendo aos comandantes distritais esta árdua gestão, no entanto, referem que este despacho é um instrumento importantíssimo para que seja moderado este fenómeno das selfies.

«Boca» d’ Incêndio contatou um psicólogo especialista em redes sociais, que esclareceu a maior tendência dos bombeiros em tirar selfies comparativamente com outras forças da Proteção Civil. António Cosme, também professor na Universidade Católica de Vale de Igreja, refere que “… uma das justificações claras e inequívocas é as lideranças existentes no seio dos corpos de bombeiros”, António Cosme refere que “…os elementos de um comando têm que verdadeiramente ser capazes de incutir regras e disciplina nos seus homens…” alem disso, o mesmo especialista diz que estes elementos “…têm de estar atentos às novas tendências, muitos, nem sabem o que os bombeiros fazem nas redes sociais.” concluiu.

Estejam ou não de acordo, a verdade é que o despacho é claro relativamente às selfies, quem a partir do dia 11 de Maio fizer uma selfie fardado, corre o risco de lhe ser desencadeado um processo disciplinar.

 

 




Sobre quem enviou a noticia

«Boca» d’ Incêndio

«Boca» d’ Incêndio

A «Boca» d’ Incêndio é o nome que intitula uma rubrica humorista do portal bombeiros.pt. Jornalistas e bombeiros desenvolvem semanalmente notícias humorísticas que “esmiúçam” os bastidores do mundo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Apesar de devidamente identificada como «Boca» d’ Incêndio, esta rubrica leva a que alguns dos nossos leitores acreditem no seu conteúdo, derivado à proximidade das notícias com a realidade. No entanto, todas as notícias publicadas na «Boca» d’ Incêndio são puramente ficcionais ou não e não pretendem mais do que trazer sorrisos e bom humor ao universo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Sorria e esteja atento às madrugadas de Sábado, no momento em que a «Boca» d’ Incêndio jorrará!