«Boca» de Última Hora: Bombeiros fecham Assembleias de Voto em todo o país

0

boca bombeiros nusMilhares de Bombeiros Portugueses estão a esta hora a promover um protesto massivo contra o futuro Governo, uma vez que, dizem, “o próximo Governo vai continuar a mentir e a deixar-nos apenas com promessas, não apostando na efectiva protecção dos bombeiros e na melhoria das suas condições de trabalho”.

A “Plataforma Todos os Bombeiros a Nu”, criada durante a última madrugada, publicou um manifesto, intitulado “Morra o Mantas, morra, Pim!” (numa clara alusão ao célebre Manifesto de Almada Negreiros “Morra o Dantas”), onde pede a todos os Bombeiros Portugueses que durante o dia de hoje se manifestem completamente desprovidos de roupa ou de mangueiras para mostrar a forma como tantos e tantos colegas estão em perigo durante a sua actuação, criticando ainda todos os dirigentes de topo dos Bombeiros.

Sabe o «Boca» d’ Incêndio que os grandes responsáveis pelas negociações com o Governo, desde os eleitos da LBP, até à ANBV, passando pela ANBP e alguns membros da ANPC, para além dos responsáveis pelo MAI, são retratados como “o Mantas”, aquele que “tudo cobre e enrola”. Diz o Manifesto “Morra o Mantas, morra, Pim!” que “Por tudo isto que o Mantas representa e com que esta força de homens é contaminada, é a Hora da revolução! É a Hora de mostrarmos que o Mantas não nos contamina! É a Hora de sair à rua nus e sem agulhetas! É a Hora de fechar as Assembleias de Voto e mostrar o que esta força de homens tem de melhor! É a Hora de os capacetes na mão representarem o que realmente falta mostrar ao povo! É a Hora de acabar com os Mantas e criar uma força de homens capaz!”

Contactados pela redacção do «Boca» d’ Incêndio, os responsáveis máximos do universo da protecção civil e bombeiros rejeitaram fazer quaisquer comentários por se encontrarem concentrados nas actividades de “apelo ao voto em dia de eleições” e de se mostrarem preocupados com o resultado final das eleições.

Junto a algumas Assembleias de Voto encerradas pelos bombeiros no interior do país, o «Boca» d’ Incêndio tentou perceber a reacção dos populares a este protesto original dos Bombeiros. A Ti Jaquina, viúva de 79 anos, referiu que “só assim é que o país avança, com protestos organizados e completamente aceitáveis… ainda para mais com gente tão bonita e roliça”, acrescentando ainda que “há muitos anos que não via um protesto com tanta ‘chichinha'”.

Já os Bombeiros sentem-se “livres e com uma sensação de frescura a invadir-lhes o corpo”, naquelas que são as primeiras declarações  destes homens à boca das urnas fechadas. Referindo que “a nudez que hoje apresentamos representa exactamente aquilo que o país é e vai continuar a sentir ao longo dos próximos anos”, esperando todos que “pelo menos hoje, nenhum de nós seja violado”.

O «Boca» d’ Incêndio vai continuar a acompanhar este protesto e, como nota final de notícia, refere que as celebrações eucarísticas tiveram hoje uma redução muito substancial de presenças.

_

Leia o Manifesto “Morra o Mantas, morra, Pim!” na sua totalidade:

Mensagem à Rede: Basta pum basta!!! Terminado!

Uma força de homens que se deixa representar por um Mantas é uma força de homens que nunca o foi. É uma tropa fandanga de graxistas, chupistas e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode subsistir nua em poses degradantes!

Abaixo a força de homens coberta e enrolada pelo Mantas!

Morra o Mantas, morra! Pim!

Uma força de homens com um Mantas a cavalo é um burro impotente!

Uma força de homens com um Mantas ao leme é uma canoa em seco!

O Mantas é um cigano!

O Mantas é meio cigano!

O Mantas saberá dar-se ares de importante, saberá navegar à vista, saberá política negra, saberá engraxar sapatos a cardeais, saberá tudo menos falar que é a única coisa que ele faz!

O Mantas pesca tanto de bombeiros que até faz sonetos com ligaduras de nylon!

O Mantas é um habilidoso!

O Mantas veste-se, assim, assim, mal!

O Mantas usa ceroulas de malha, mas não as mostra!

O Mantas dá beijos aos concubinos, em sítios esquisitos!

O Mantas é Mantas!

O Mantas é Jaime, é Rui, é Fernando, é Pedro, é Anabela, é Paulo, é João, é Miguel, é Mário, é… que for eleito!

Morra o Mantas, morra! Pim!

O Mantas fez uma Virgem Esverdeada Arrependida, um Viriato traído pela mãe, uma Menina dos Fósforos de Ouro, que tanto o podia ser como não ser, e provavelmente não foi!

O Mantas é pindérico e completamente alucinado!

E o Mantas teve claque! E o Mantas teve palmas! E o Mantas agradeceu!

O Mantas é um ciganão!

Não é preciso ir pró Rossio ou mesmo pra Lisboa pra se ser pantomineiro, basta ser-se pantomineiro!

Não é preciso disfarçar-se pra se ser salteador, basta falar como o Mantas! Basta não ter escrúpulos nem morais, nem artísticos, nem humanos! Basta andar com as modas, com as políticas e com as opiniões! Basta usar o tal sorrisinho, basta ser muito delicado, e usar gravata e olhos meigos! Basta ser Judas! Basta ser Mantas!

Morra o Mantas, morra! Pim!

O Mantas nasceu para provar que nem todos os que falam sabem do que falam!

O Mantas é um autómato que deita pra fora o que a gente já sabe o que vai sair… Mas é preciso deitar dinheiro!

O Mantas é um soneto dele-próprio!

O Mantas em génio nem chega a pólvora seca e em talento é pim-pam-pum.

O Mantas nu é horroroso!

O Mantas cobre e enrola!

O Mantas cheira mal da boca!

Morra o Mantas, morra! Pim!

O Mantas é o escárnio da consciência!

Se o Mantas é português eu quero ser espanhol!

O Mantas é a vergonha da intelectualidade portuguesa!

O Mantas é a meta da decadência mental!

E ainda há quem não core quando diz admirar o Mantas!

E ainda há quem lhe estenda a mão!

E quem lhe lave a roupa!

E quem tenha dó do Mantas!

E ainda há quem duvide que o Mantas não vale nada, e que não sabe nada, e que nem é inteligente, nem decente, nem zero!

Morra o Dantas, morra! Pim!

Portugal que com todos estes senhores conseguiu a classificação do país mais atrasado da Europa e de todo o Mundo! O país mais selvagem de todas as Áfricas! O exílio dos degredados e dos indiferentes! A África reclusa dos europeus! O entulho das desvantagens e dos sobejos! Portugal inteiro há-de abrir os olhos um dia – se é que a sua cegueira não é incurável e então gritará comigo, a meu lado, a necessidade que Portugal tem de ser qualquer coisa de asseado!

Por tudo isto que o Mantas representa e com que esta força de homens é contaminada, é a Hora da revolução! É a Hora de mostrarmos que o Mantas não nos contamina! É a Hora de sair à rua nus e sem agulhetas! É a Hora de fechar as Assembleias de Voto e mostrar o que esta força de homens tem de melhor! É a Hora de os capacetes na mão representarem o que realmente falta mostrar ao povo! É a Hora de acabar com os Mantas e criar uma força de homens capaz!

Morra o Mantas, morra! Pim!

Viva a força de homens, viva! Pam!

Aqui Plataforma Todos os Bombeiros a Nu: Morra o mantas, morra! Pum! Terminado!”




Sobre quem enviou a noticia

«Boca» d’ Incêndio

«Boca» d’ Incêndio

A «Boca» d’ Incêndio é o nome que intitula uma rubrica humorista do portal bombeiros.pt. Jornalistas e bombeiros desenvolvem semanalmente notícias humorísticas que “esmiúçam” os bastidores do mundo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Apesar de devidamente identificada como «Boca» d’ Incêndio, esta rubrica leva a que alguns dos nossos leitores acreditem no seu conteúdo, derivado à proximidade das notícias com a realidade. No entanto, todas as notícias publicadas na «Boca» d’ Incêndio são puramente ficcionais ou não e não pretendem mais do que trazer sorrisos e bom humor ao universo dos Bombeiros Portugueses e da Proteção Civil. Sorria e esteja atento às madrugadas de Sábado, no momento em que a «Boca» d’ Incêndio jorrará!