Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Pinhel

0

PMEPC_PinhelO Plano que se segue é um documento formal, da Câmara Municipal de Pinhel (CMP) referente ao Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Pinhel segue a diretiva relativa aos critérios e normas técnicas para a elaboração e operacionalização de planos de emergência de proteção civil da Resolução n.º 25/2008, de 18 de Julho, assim como, os critérios e normas técnicas emanadas pela Autoridade Nacional de Proteção Civil através do seu Manual de apoio à elaboração e operacionalização de Planos de Emergência de Proteção Civil (2008) e o disposto na Lei de Bases da Proteção Civil; Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho, que define os objetivos e princípios reguladores da atividade de proteção civil e estabelece as ações de coordenação, direção e execução das diferentes atividades.

Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Pinhel

       Parte I – Enquadramento Geral do Plano

       Parte II – Organização da Resposta

       Parte III – Áreas de Intervenção

       Parte IV – Informação Complementar

Os Planos Municipais de Emergência de Proteção Civil constituem-se como instrumentos preventivos e de gestão operacional, uma vez que, ao identificar os riscos, se estabelecem os meios para fazer face aos acidentes e quando definida a composição das equipas de intervenção, é-lhes atribuída missões.

 

About author

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.