Plano Especial de Emergência de Protecção Civil para Acidentes Ferroviários

0

PEEPC_AcidentesFerroviáriosDistritodeCasteloBrancoO Plano que se segue é um documento formal, do Governo Civil de Castelo Branco referente ao Plano Especial de Emergência de Protecção Civil para Acidentes Ferroviários.

O Plano Especial de Emergência de Protecção Civil para Acidentes Ferroviários é um instrumento de suporte ao Sistema de Protecção Civil para a gestão operacional em caso da ocorrência de um acidente ferroviário na Linha da Beira Baixa presente no Distrito de Castelo Branco.

Apesar dos acidentes ferroviários serem raros, os mesmos podem no entanto, implicar consequências gravosas ao nível humano, estrutural e ambiental. É um sector a que lhe está implícito potencial perigo (situação com o potencial de criar danos, designadamente ferimentos e lesões pessoais, danos para a propriedade, instalações, equipamentos, ambiente ou perdas económicas).

Plano Especial de Emergência de Protecção Civil para Acidentes Ferroviários

       Parte I – Enquadramento Geral do Plano

       Parte II – Organização da Resposta

       Parte III – Áreas de Intervenção

       Parte IV – Informação Complementar

Os Planos Especiais de Emergência de Proteção Civil apresentam-se com o objetivo de serem aplicados quando ocorrem acidentes graves e catástrofes específicas, cuja natureza requeira uma metodologia técnica e/ou cientifica adequada, e cuja ocorrência no tempo e no espaço seja previsível com elevada probabilidade ou mesmo com baixa probabilidade associada, possa vir a ter consequências inaceitáveis.




Sobre quem enviou a noticia

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.