INEM alarga a utilização de computadores nas ambulâncias às corporações de Bombeiros

0

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) iniciou o alargamento da tecnologia presente nos seus meios de emergência às ambulâncias cedidas aos corpos de Bombeiros e delegações da Cruz Vermelha. Numa primeira fase e até ao final do mês de agosto, 56 ambulâncias localizadas em corporações de Bombeiros vão passar a contar com um computador portátil e com a aplicação Mobile Clinic®.

Desde o início desta semana que oito corporações de Bombeiros da região Sul do país têm ao seu dispor o Mobile Clinic®, uma aplicação informática de registo clínico eletrónico que permite aos tripulantes das ambulâncias receber e enviar em tempo real informação sobre as situações de emergência médica para as quais foram acionados. A aplicação, que até agora existia apenas nos computadores portáteis instalados nos meios de emergência próprios do INEM, recebe automaticamente os dados enviados pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) sobre o evento a que a ambulância tem que se deslocar.

Substitui-se assim a comunicação que até aqui era efetuada via telefone, o que possibilita uma redução dos tempos de acionamento dos meios de socorro. O Mobile Clinic® permite ainda que os dados preenchidos pelos tripulantes, após efetuada a avaliação e estabilização das vítimas, sejam enviados diretamente para o hospital que irá receber o doente. Esta funcionalidade permite assim agilizar a entrada dos utentes nos serviços de urgência.

As ambulâncias INEM sediadas nos Bombeiros Municipais (BM) de Santarém, BM de Abrantes, Bombeiros Voluntários (BV) de Almeirim, BM do Cartaxo, BV de Évora, BV de Beja, BV de Sintra e BV do Barreiro estão, desde a passada segunda-feira, dia 6 de agosto, incluídas neste projeto. Até ao final do presente mês, serão equipadas com o portátil e aplicação Mobile Clinic® 56 ambulâncias.

Para alargar esta funcionalidade às 56 ambulâncias localizadas em corporações de bombeiros o INEM efetuou um investimento de cerca de 250 mil euros.

Este alargamento compreende ainda formação personalizada em cada corporação de Bombeiros, realizada pelo INEM. No futuro, este Instituto pretende expandir a aplicação Mobile Clinic® a todas as entidades do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) que possuam um protocolo de Posto de Emergência Médica com o Instituto.

 

Fonte: INEM

 

 

Sobre o autor

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.