Simulacro de Acidente Ferroviário em Vendas Novas testou meios de protecção civil | Fotoreportagem

0

Vendas Novas foi palco de um simulacro de acidente ferroviário que se realizou durante a manhã do dia 2 de Abril, com o objetivo de testar os procedimentos operacionais associados à intervenção numa situação de acidente entre comboio e dois automóveis, com especial enfoque num cenário multivítimas.

O Exercício Ferrovia’16 decorreu na área do Parque Industrial de Vendas Novas, num terreno adjacente à linha de Caminhos-de-ferro, e foi organizado pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Évora, em colaboração com o Corpo de Bombeiros de Vendas Novas, Serviço Municipal de Proteção Civil de Vendas Novas, pelo gestor da infraestrutura ferroviária nacional (IP – Infraestruturas de Portugal), por um dos operadores ferroviários (CP – Comboios de Portugal) e demais Agentes de Proteção Civil, envolvendo meios operacionais dos Agentes de Proteção Civil e Entidades Cooperantes dos distritos de Évora e Setúbal.

Foram mobilizados cerca de 130 operacionais dos distritos de Évora e Setúbal, sendo perto de 30 dos Bombeiros Voluntários de Vendas Novas, para socorrer 20 vítimas figurantes, num cenário onde foi necessária a intervenção de vários elementos, como a equipa de psicólogos para apoio a vítimas e familiares; do SEF (devido à presença de possíveis passageiros estrangeiros) e da Equipa de Inativação de explosivos da GNR, por sinalização de um objeto suspeito numa das viaturas acidentadas.

O exercício foi também essencial para testar a ativação do Plano Municipal de Emergência de Vendas Novas.

Veja aqui o video do simulacro

Fonte: Facebook Municipio de Vendas Novas

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.