Obras do quartel dos bombeiros avançam em Arcos de Valdevez

0

valdevez“Fruto de uma parceria” entre a câmara municipal e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, marcou presença na cerimónia oficial do lançamento simbólico da obra de Reabilitação Funcional e Ampliação do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez.

Esta obra, no valor de 556 412,97 euros, é, segundo o presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, realizada a pensar na melhoria das condições de vida da população arcuense e que contribui também para a atractividade do concelho no âmbito do Turismo.

Arcos de Valdevez está inserido no Parque Nacional da Peneda Gerês, Reserva Mundial da Biosfera, “e as pessoas quando escolhem locais para visitar gostam de saber que estes oferecem as condições necessárias à sua segurança”, afirmou João Manuel Esteves.

Por outro lado, o autarca também reitera a importância desta intervenção no que toca à regeneração urbana. O quartel está situado no “centro urbano por isso através dele será também possível requalificar a envolvente do mesmo”. “Estamos unidos no objectivo de levar esta obra a bom porto. A câmara municipal está envolvida neste processo e nunca deixará de estar”, afirmou o presidente, lembrando também que, para além disso, é importante envolver mais a população no apoio a esta associação.

João Manuel Esteves aproveitou a presença do secretário de Estado para solicitar mais apoio para conclusão das obras e para a prevenção dos fogos florestais, nomeadamente através de um programa de incentivos aos baldios e jovens para limpeza e reflorestação, contribuindo assim para a “redução de incêndios, preservação das nossas paisagens, criação de emprego e rendimento para as populações.”

No âmbito da prevenção também solicitou apoio para a utilização de novas tecnologias como os drones, ferramentas essenciais no combate aos incêndios.

O secretário de Estado, Jorge Gomes, lembrou que o que está a acontecer em Arcos de Valdevez através da requalificação do quartel dos bombeiros “é um direito dos arcuenses”, pois as pessoas têm direito a ter acesso aos melhores equipamentos de protecção civil.

O governante adiantou ainda que o Governo pretende implementar uma estrutura de protecção civil em pirâmide, que inclua também as juntas de freguesia, de forma a chegar ainda mais junto da população. “A Protecção Civil trabalha 325 dias por ano e é necessário apelar mais ao bom senso das populações no que toca à prevenção dos incêndios”, atestou.

A beneficiação do quartel permitirá manter e potenciar o grau de prontidão do corpo de bombeiros, composto por cerca de 70 elementos.

As obras vão reforçar ainda a capacidade de actuação dos bombeiros; diminuir as assimetrias e debilidades existentes no concelho e melhorar a operacionalização e funcionalidade dos bombeiros.

Fonte: Correio do Minho

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.