Emigrantes ofereceram 20 mil euros a bombeiros

0
Presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vítor Pereira, assina livro de honra do Sport Clube Português de Newark

Presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vítor Pereira, assina livro de honra do Sport Clube Português de Newark

Comunidade portuguesa nos EUA desenvolveu várias ações para angariar o dinheiro.

É uma ajuda que nos vai ser muito útil, já que as coisas nem sempre são fáceis a nível financeiro.” Iolanda Pereira, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, ainda não tem palavras para agradecer o gesto da comunidade portuguesa a viver em Newark, Estados Unidos da América.

Depois de várias ações de angariação de fundos, os emigrantes portugueses conseguiram doar cerca de 20 mil euros à corporação do Alto Minho, o que vai ajudar os bombeiros a adquirirem novos materiais necessários para os transportes e para o socorro aos doentes.

“Precisamos com urgência de uma nova ambulância, perdemos duas no último ano, estávamos a ficar sem meios de transporte para os doentes”, explicou Iolanda Pereira, que regressou ontem da viagem a Newark, onde esteve com o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura, Vítor Paulo Pereira.

O veículo que a corporação precisa custa cerca de 50 mil euros, valor que, com a recente ajuda, se torna mais alcançável para os voluntários.

“A verdade é que os bombeiros vivem sempre em necessidades, não há uma estrutura de financiamento que permita um planeamento”, disse ao CM o autarca Vítor Paulo Pereira. A comitiva courense, que visitou Newark, participou no jantar de angariação de fundos que contou com a presença de centenas de pessoas.

“Há um grupo de cidadãos courenses que nunca esquecem a terra onde nasceram e foram criados. Têm um amor pelo País que, por vezes, é uma lição para quem vive cá”, conclui o edil.

Fonte: CM

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.