Câmara de Lisboa abre concurso para contratar 50 bombeiros

0

Sapadores lisboaO aviso foi publicado esta quarta-feira em Diário da República e as candidaturas ao concurso externo estão abertas nos próximos dez dias úteis.

A Câmara de Lisboa lançou um concurso para admissão de 50 bombeiros sapadores. As candidaturas estão abertas durante dez dias úteis, de acordo com aviso publicado esta quarta-feira, dia 31 de Março, em Diário da República.

Em causa está um concurso externo, ou seja, aberto a quem não tem vínculo com a função pública.

A Câmara Municipal de Lisboa pede, como requisitos especiais, que os candidatos tenham idade inferior a 25 anos (mas superior a 18), completados no ano de abertura do concurso, e habilitações mínimas de 12º ano de escolaridade. Nos termos da lei, os bombeiros profissionais devem residir na localidade onde exercem funções.

Os candidatos serão escolhidos através de vários métodos. Terão de passar por uma prova de conhecimentos gerais (um teste de escolha múltipla na área de português, dos direitos e deveres da função pública e dos deveres e deontologia específicos dos bombeiros), por provas práticas de selecção (que se destinam a avaliar a destreza física), por um exame psicológico e por um exame médico.

As candidaturas devem ser formalizadas mediante o requerimento e os documentos identificados no aviso, e entregues pessoalmente ou por correio registado no departamento de gestão de recurso humanos da autarquia.

Os 50 postos de trabalho estão previstos no mapa de pessoal do município para 2016 “e dos que vierem a vagar até ao termo do prazo de validade do concurso”, que é de um ano.

O Negócios solicitou mais informação de enquadramento aos responsáveis pelos recursos humanos da Câmara Municipal de Lisboa e aguarda resposta.

Fonte: Jornal de Negócios

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.