Câmara de Lagoa ofereceu uma ambulância aos Bombeiros de Lagoa em dia de Homenagem

0

1461939247lagoa bombeiros ambulancia

No âmbito das comemorações de abril, o Presidente da Câmara Municipal, Francisco Martins presidiu, a convite da Direção da Associação de Bombeiros Voluntários de Lagoa, à cerimónia de Homenagem aos Bombeiros que completaram 5, 10, 15 e 20 anos de serviço.

Como reconhecimento dos bons e efetivos serviços à causa dos Bombeiros Portugueses, receberam as medalhas de grau cobre, prata e ouro respetivamente entregues pelo executivo camarário e membros da Direção e Comando da Corporação de Bombeiros de Lagoa.

O Presidente da Câmara, no uso da palavra, realçou a forma sentida da homenagem, tanto mais que reconhecia um trabalho prestimoso, de risco e muitas vezes incompreendido. Disse que “os Bombeiros Voluntários de Lagoa merecem todo o apoio da Câmara Municipal e esta estará sempre aberta a essa solicitação com a certeza de que o que vem para a Corporação de Bombeiros não é um luxo mas uma necessidade”. Fez questão de saudar todos, na pessoa do Bombeiro Cabrita que sempre conheceu como Bombeiro.

Após a cerimónia de Homenagem procedeu-se ao momento esperado que foi a entrega das chaves de uma Ambulância, oferecida pela Câmara Municipal de Lagoa ao abrigo do protocolo de apoio assinado para o ano de 2016, pelo Presidente da Câmara Municipal ao Presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagoa, Joaquim Lima que a depositou nas mãos do Comandante da Corporação, Vítor Rio.

Estas e outras ações de igual índole mostram não só o valor democrático da data que se comemorou como permitem fazer notar que, como disse o Presidente da Câmara, “nós dormimos em segurança porque sabemos que há homens e mulheres atentos e refiro-me, como não podia deixar de ser, a vós Bombeiros deste País em geral e do meu Concelho em particular. Por isso, podem contar sempre comigo. A todos o meu muito obrigado”.

A ambulância oferecida, tipo A2, é uma Fiat Ducato com 1 maca, 5 bancos e transporte de 2 cadeiras de rodas, para o que dispõe de tampa manual. O seu custo foi de 42.917,28€.

Fonte: Diário Online

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.