Bombeiros de Odemira estão em risco de acabar

0

odemira

Os Bombeiros de Odemira estão em risco de extinção devido à falta de corpos sociais na Associação Humanitária. O alerta é do presidente da assembleia geral, que teme perder financiamento da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

“Se não há direção, não se aprovam contas e a ANPC corta-nos os subsídios. Sem isso, os bombeiros não sobrevivem”, lamenta Fernando Encarnação.

“Nas últimas eleições, não surgiram listas e os dirigentes que tinham cessado funções só permaneceram em exercício para a gestão do dia a dia”, adianta o dirigente, que lançou um apelo a todos os sócios “para apresentarem uma lista que seja sufragada” pela mesa da assembleia geral.

A viver momentos conturbados há mais de um ano, Fernando Encarnação teme que, com o início da época de fogos, “os bombeiros fiquem sem o apoio da direção por falta de elementos”. Nazário Viana, comandante da corporação, sublinha que os Bombeiros de Odemira “necessitam de uma direção” para gerir a associação e que, “apesar das dificuldades, continuam a trabalhar”.

Fonte: CM

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.