BOMBEIROS DE FREIXO TÊM DUAS NOVAS AMBULÂNCIAS

0

ambulancia_freixo

Os Bombeiros Voluntários de Freixo de Espada à Cinta têm duas novas ambulâncias. Um dos veículos foi adquirido pelo Município e outro pela própria associação, totalizando um investimento de cerca 70 mil euros.

O presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Freixo de Espada à Cinta, Edgar Gata, explica que estas viaturas são muito importantes, uma vez que as restantes dez ambulâncias da corporação são já bastante antigas.

“Todas as outras ambulâncias têm muitos quilómetros e algumas até, em condições normais, já deveriam ter sido abatidas. O parque de viaturas de transporte doentes da Associação, durante bastantes anos não foi renovado. Estas ambulâncias novas permitem, de certa de forma, dar uma resposta com maior qualidade aos doentes de Freixo de Espada à Cinta”, referiu o responsável ao Jornal Nordeste.

A presidente do Município de Freixo de Espada à Cinta, Maria do Céu Quintas, refere que a vontade de oferecer uma ambulância aos bombeiros era já antiga. “Era um pedido que me era feito já há bastante tempo por parte de alguns bombeiros, principalmente de motoristas, que davam conta da necessidade de terem novas ambulâncias para transportarem os doentes com condições dignas”, confessou a autarca.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Freixo Espada à Cinta está a preparar um projecto para candidatar a fundos comunitários, que deverá ser apresentado no próximo mês, num encontro entre bombeiros portugueses e espanhóis, que decorrerá nesta vila manuelina.

Fonte: Jornal Nordeste

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.