Bombeiros da ilha de São Miguel vão receber 600 pares de luvas de proteção certificadas

0

são miguel

O Secretário Regional da Saúde anunciou, no Nordeste, em S. Miguel, que todos os corpos de bombeiros da Região vão receber, durante a próxima semana, 600 pares de luvas de proteção certificadas para intervenção em incêndios estruturais.

Luís Cabral, que presidiu, em representação do Presidente do Governo, à cerimónia comemorativa do 36.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Nordeste, iniciou nesta corporação a entrega das luvas de proteção, dotando a corporação com 26 pares.

O titular da pasta da Proteção Civil salientou que esta medida se insere numa política que visa “adequar e garantir a todo o tempo as condições de segurança aos elementos dos corpos de bombeiros”, num investimento total de 35 mil euros.

Luís Cabral frisou, por outro lado, que a medida demonstra a importância atribuída aos bombeiros açorianos, não só no combate aos incêndios, mas, também, como força avançada de intervenção nas situações de emergência ou de catástrofe.

“É por isso que consideramos importante o investimento que é feito nesta área, promovendo condições de segurança para que os nossos bombeiros e todos os elementos ligados à Proteção Civil possam dar cada vez melhor resposta às várias solicitações que recebem nas mais variadas áreas de intervenção”, afirmou o Secretário Regional.

Na sua intervenção, Luís Cabral revelou que, durante o ano de 2015, os bombeiros dos Açores foram chamados a mais de 36.500 intervenções, em resposta a situações relacionadas com saúde, acidentes, incêndios, fenómenos naturais e outro género de ocorrências.

“É, pois, um ato de justiça que tenhamos todos, Governo e sociedade em geral, um grande reconhecimento pela ação que os bombeiros dos Açores desenvolvem”, destacou o Secretário Regional.

Fonte: Faial Digital

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.