Vinte e quatro concelhos em risco máximo de incêndio

0

Vinte e quatro concelhos, sobretudo do centro de Portugal continental, estão este sábado em risco máximo de incêndios, informa o Instituto de Meteorologia na sua página na Internet.

Segundo o mapa do Instituto de Meteorologia (IM), em risco máximo estão sete concelhos no distrito da Guarda, seis no distrito de Viseu, três nos distritos de Coimbra e de Castelo Branco e dois nos distritos de Leiria e Santarém.

O concelho de Monchique, no distrito de Faro é o único no Sul com risco máximo de incêndios.

No interior centro e norte do país o risco é muito elevado, passando a elevado, a Sul, com exceção de alguns concelhos do distrito de Beja, onde o risco de incêndio se apresenta moderado.

No litoral, centro e norte, o risco é igualmente moderado ou reduzido, para o dia de hoje, sobretudo em concelhos de Aveiro, Porto, Braga e Leiria.

O risco de incêndio, determinado pelo IM, engloba cinco níveis, variando entre “reduzido” e “máximo”.

O cálculo é feito com base nos valores, observados às 13 horas horas, da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação ocorrida nas últimas 24 horas.

Fonte: JN

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.