Sessão solene dos 136 anos dos Bombeiros da Guarda

0

O Presidente da Direcção dos Bombeiros da Guarda, não poupou criticas à forma de financiamento por parte do governo e das câmaras ás associações de bombeiros. Durante a sessão solene dos 136 anos dos bombeiros , Luís Borges disse mesmo, que as associações de bombeiros não podem ser tratadas como que fossem um mero clube.

Na presença do vereador Vítor Santos, o Presidente dos Bombeiros Voluntários da Guarda, Luís Borges lembrou as dividas da autarquia aos voluntários, para dizer que a situação é insustentável. Luís Borges falou ainda de um estudo que foi enviado ao executivo, que pode servir de base para que seja estabelecido um protocolo de prestação de serviços.

Apesar das dificuldades financeiras sentidas pelos voluntários, o presidente da associação manifestou-se contra possíveis greves, que foram anunciadas pela liga, uma vez que se trata de uma posição que prejudica seriamente os utentes do SNS.

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.