Provoca incêndios para ajudar os bombeiros

0

ASG-2842 incêndio florestal leiriaJovem de 18 anos, detido pela PJ, tinha o sonho de ser bombeiro.

Movido pelo sonho de ser bombeiro, o jovem de 18 anos provocou dois incêndios numa zona de mato, no passado domingo e segunda-feira, na Póvoa de Lanhoso. Quando o incêndio tomava grandes dimensões, aproximava-se para ver os elementos das várias corporações a combater o fogo e até os ajudava a apagar as chamas.

O suspeito foi agora detido pela PJ de Braga em colaboração com a GNR local. Os dois incêndios consumiram mais de setenta hectares de pinheiros e eucaliptos, obrigando a que várias casas fossem evacuadas. O fogo apenas não destruiu habitações devido à rápida intervenção de bombeiros e de meios aéreos.

O jovem deslocava-se até às matas numa mota e ateava os incêndios com recurso a um isqueiro. O detido foi ouvido por um juiz e ficou em preventiva até se reunirem as condições para ficar em domiciliária.

Ontem, a PJ anunciou ainda a detenção de mais dois incendiários. Um homem de 44 anos, que provocou um fogo em Vila Seca, Vila Real, e um pastor, de 43, em Fornos e Lagoaça, Freixo de Espada à Cinta – neste caso, as chamas não se propagaram às casas devido à ajuda dos moradores da localidade

(Fonte: CM)

Sobre o autor

Daniel Rocha

Daniel Rocha

Nasceu na Guarda, mas foi em Famalicão da Serra que cresceu e conheceu o mundo dos bombeiros integrando o corpo activo. É Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, e possui um Curso de Especialização em Ensino de Português como Língua Estrangeira e Língua Segunda (PLELS), ambos na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Para além da vida de professor, dedica-se a muitas outras actividades, entre as quais o teatro e a escrita, tendo publicado com alguma regularidade desde 2011. A sua ligação e gosto pelo mundo da imprensa levaram-no a ser colaborador da Rádio Altitude (Guarda) e do jornal Notícias de Gouveia (Gouveia).