Em parceria com a Liga de Bombeiros Plantel lança coleção de cromos

0

A coleção de cromos dos emblemas das 470 associações e corpos de bombeiros portugueses, editada pela Plantel, em colaboração com a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) vai estar disponível em breve.

Ao dar acolhimento a esta iniciativa editorial, “é convicção da LBP estar a contribuir para a projeção pública daqueles que legitimamente representa, defende e apoia”. É seu entendimento, também, que “a juventude será o grande segmento da população portuguesa a despertar para esta coleção configurando, em razão disso, a sua potencial utilizadora”, conforme se refere na apresentação que acompanha a caderneta.

Os Bombeiros Portugueses representam o exemplo de um país solidário e são o principal sustentáculo da proteção civil, seja no continente ou nas Regiões Autónomas da Madeira e Açores.

Os emblemas das associações e corpos de bombeiros que integram a coleção, variáveis na sua forma, policromia e até afirmação heráldica, representam ainda a afirmação de seis séculos de honra e glória, tantos quantos a existência de bombeiros em Portugal, por via da carta régia de D. João I.

Os emblemas das 470 associações e corpos de bombeiros portugueses – comportando mais de 30 mil elementos ativos e de comando, na sua larga maioria de génese voluntária, e mais 30 mil na reserva e no quadro de honra, para além de cerca de 8 mil dirigentes, são os símbolos e testemunho dessa força social insubstituível, emanada da sociedade civil livremente organizada. A isso importa acrescentar os 1,8 milhões de portugueses que estão com os seus bombeiros na qualidade de associados.

Fonte: LBP | Texto: Jornal Bombeiros de Portugal | Fotos: Marques Valentim/Jornal BP.

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.