Mulher deu à luz no quartel dos Bombeiros de Lordelo

0

SONY DSC

Quatro bombeiros da corporação de Lordelo, em Paredes, realizaram um parto no próprio quartel. Tudo aconteceu na noite da última quarta-feira, quando uma mulher de 37 anos foi àquele local pedir ajuda. Mãe, que deu à luz o sexto filho, e filha estão de perfeita saúde. Já o quarteto de voluntários ficou com uma experiência única para contar.

“NÃO HÁ PALAVRAS PARA DESCREVER A SENSAÇÃO”

“Foi a primeira vez que fiz um parto. Não há palavras para descrever a sensação”, refere Luciano Alves. Este bombeiro de 3ª classe, de 26 anos, foi um dos homens da corporação de Lordelo que auxiliou o parto que aconteceu na noite de quarta-feira. “Passavam poucos minutos das 22h00 quando a campainha do quartel tocou. Era um homem a pedir ajuda para uma mulher que estava no carro e que o acompanhante dizia estar com dores de barriga”, recorda o adjunto do comando, Bruno Leal.

A mulher foi, de imediato, levada para uma ambulância estacionada no interior do quartel e deitada na maca. Ia ser transportada para o hospital, mas a informação que então deu alterou todos os planos. “Só aí é que ela disse que estava em trabalho de parto”, revela Bruno Leal.

Os bombeiros informaram o Centro de Orientação de Doentes Urgentes, que colocaram os parteiros em contacto com um médico. E este foi transmitindo indicações sobre a forma de actuar a Luciano Alves, mas também a Vítor Costa, Celso Neto e Bruno Barbosa. “Por muito que se treine não há nada que nos prepare para aquela situação. Mas correu tudo bem e no espaço de 15 minutos ficou tudo pronto. O facto de não ser o primeiro filho da senhora ajudou”, assume Luciano Alves.

Quando a Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Vale do Sousa chegou ao quartel de Lordelo já o cordão umbilical tinha sido cortado e a menina sujeita a todos os procedimentos habituais neste tipo de situações. Filha e mãe seguiram, depois, para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, onde chegaram de boa saúde.

FONTE: verdadeiroolhar.pt

Sobre o autor

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 16 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.