Liga enaltece o trabalho dos bombeiros

0

incêndios ferramentas manuais faixa_MG_1292No momento em que se tecem loas ao menor número de incêndios florestais verificados até ao momento no nosso país quando comparado com anos anteriores é bom lembrar que, haja poucos ou muitos incêndios, os bombeiros estão sempre presentes para os combater e apagar com um grau de eficácia de 100 por cento.

Desde o início do ano já ocorreram 5.500 incêndios florestais. Noventa e oito por cento dos operacionais envolvidos no seu combate são bombeiros, não só em termos de meios humanos mas também em equipamentos utilizados nessa missão.

Com os termómetros a subir nas últimas semanas, e o número de incêndios a aumentar, há quem opte por comparar o que se passou noutros anos com o presente, esquecendo ou omitindo, porventura por má fé, que independentemente do que se venha a passar, os bombeiros estão sempre alerta e presentes.

Alguns dizem que o Inverno e a Primavera chuvosos explicarão a ausência de grandes incêndios. Porém, a realidade recente, por exemplo, com o que se passa neste momento com a presença de três centenas de bombeiros na Serra da Estrela, junto a Manteigas, a combater um grande incêndio desmonta desde logo essa tese.

Independentemente de todos os factores externos que possam contribuir para amenizar ou aumentar o número e a dimensão dos incêndios florestais que já ocorreram este ano, estão a ocorrer ou venham a ocorrer, de uma coisa os portugueses podem ter a certeza, os bombeiros combateram, combatem e irão combater qualquer daqueles que venham a surgir seja em que parte de Portugal.

Quando os factores que podem estar na origem dos incêndios variam, o único que não muda é a disponibilidade, a preparação e o esforço dos bombeiros ao longo do país. Sublinhe-se que, mais uma vez, inclusive, muitos deles abdicam até das suas próprias férias e do descanso merecido para integrar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais.

A todos eles, em nome da LBP e de todos os portugueses, endereço um forte abraço agradecendo a disponibilidade sempre demonstrada e o afinco que mais uma vez põem na defesa dos bens dos seus concidadãos, da floresta e do meio ambiente nacionais.

Quando tudo falha, nomeadamente a prevenção que há muito temos defendido e o desordenamento da floresta, os bombeiros mais uma vez dizem presente!

in LBP

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.