Irmandade da Torre dos Clérigos apoia bombeiros e o voluntariado hospitalar

0

irmandade torre dos clérigosDonativos foram hoje entregues aos Bombeiros Portugueses, à Liga dos Amigos do Centro Hospitalar de Gaia e à Liga dos Amigos do Hospital de Matosinhos Pedro Hispano

A Irmandade da Torre dos Clérigos entregou esta manhã três donativos, de 45 mil euros cada, aos Bombeiros Portugueses, à Liga dos Amigos do Centro Hospitalar de Gaia e à Liga dos Amigos do Hospital de Matosinhos Pedro Hispano.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o diretor executivo da Torre dos Clérigos, Luís Pedro Martins, informa que estiveram presentes na sessão de entrega de donativos o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, representantes das Corporações de Bombeiros do Concelho do Porto, da Federação dos Bombeiros do Distrito do Porto e os presidentes das Ligas dos Hospitais de Gaia e Pedro Hispano.

Com o donativo entregue aos bombeiros pretende-se apoiar “todas as situações de acidente” ocorridas ao serviço dos Corpos de Bombeiros, bem como, “prestar apoio social”, sendo beneficiários desse fundo, para além dos bombeiros, o cônjuge ou pessoa em união de facto, parentes em linha reta e em linha colateral, adotados e tutelados, crianças e jovens confiados por decisão judicial ou administrativa.

Segundo a Torre dos Clérigos, no caso da Liga dos Amigos do Centro Hospitalar de Gaia e da Liga dos Amigos do Hospital de Matosinhos Pedro Hispano pretende apoiar o trabalho voluntário junto dos doentes e a aquisição de medicamentos e artigos de ortopedia, entre outros.

O comunicado adianta que está previsto apoiarem ainda a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre, o IPO-Porto, a Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras – Raríssimas, a Liga Portuguesa Contra o Cancro e a Liga dos Amigos do Hospital de Santo António e recorda que desde janeiro deste ano já ajudaram a Cáritas Porto e a Liga dos Amigos do Hospital de São João.

Desde abril de 2015 que a Irmandade dos Clérigos promove um conjunto de iniciativas solidárias para com instituições da cidade e da região, ano em que foram distribuídos “cerca de 200 mil euros”, e “um valor muito semelhante” é o que a irmandade do ex-libris do Porto pretende angariar até ao fim de 2016.

Sobre as ações específicas de solidariedade, o presidente da Irmandade dos Clérigos, citado na nota recebida, disse que “é uma sensação fantástica” poderem apoiar instituições que “todos os dias dedicam o seu tempo ao serviço dos mais desprotegidos.”

“Felizmente temos tido esse reconhecimento por parte dos turistas que diariamente nos visitam e que tornam possível chegarmos a valores desta dimensão, tendo em conta que somos uma Irmandade. Claro que a decisão de canalizar a totalidade da bilheteira de dois a três dias da operação, possibilita chegarmos a estes valores”, acrescentou o padre Américo Aguiar.

Fonte: Agência Ecclesia

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.