I Encontro de Escolinhas dos Bombeiros do distrito junta 500 jovens em Lousada

0

Bombeiro-dOuro-e1465481620910-300x187Primeira edição do “Bombeiro d’Ouro” nasce pela mão dos Bombeiros Voluntários de Lousada no âmbito das comemorações do 90.º aniversário da corporação e decorre já no próximo domingo.

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lousada organiza, no próximo domingo, 12 de Junho, um Encontro Distrital de Escolinhas de Bombeiros. A iniciativa, designada “Bombeiro d’Ouro”, vai contar com a participação de quase 500 alunos das escolas de 20 corporações do distrito do Porto, entre os sete e os 16 anos.

Durante a manhã, haverá provas práticas relacionadas com a actividade dos bombeiros, à tarde decorrerá um desfile.

Promover o voluntariado e o gosto pelo socorro junto dos mais novos é o grande objectivo deste projecto pioneiro que integra as comemorações dos 90 anos dos Bombeiros Voluntários de Lousada, explica o comandante da corporação, Albano Teixeira.

Entre-Os-Rios, Freamunde (A e B), Gondomar, Marco de Canaveses, Matosinhos Leça, Moreira da Maia (A, B e C), Lordelo, Lousada (A e B), Paços de Ferreira, Paredes (A e B), Penafiel, Póvoa do Varzim, Rebordosa, S. Mamede Infesta, S. Pedro da Cova, Tirsenses, Valadares, Valongo, Vila das Aves e Vila do Conde são as equipas que vão participar neste Encontro Distrital. No total, estarão em Lousada 487 jovens bombeiros.

A iniciativa Bombeiro d’Ouro contará com actividades práticas, durante a manhã, a partir das 9h00. Segue-se um lanche convívio entre os elementos das escolinhas e os seus familiares. Segundo Albano Teixeira são esperadas cerca de 900 pessoas. À tarde, haverá desfile apeado, a começar pelas 16h00 e que será liderado pela fanfarra de CB Valadares. No final serão entregues lembranças e certificados de presença.

Este é o primeiro evento deste género a nível nacional, e nasceu integrado nas comemorações do aniversário da corporação, refere o comandante dos Bombeiros de Lousada, e que vai implicar uma grande logística. Dentro do corpo activo foi criada uma equipa que está a preparar tudo desde Fevereiro.

O objectivo é que se torne num encontro anual. Para o próximo ano, já há outra corporação disposta a realizar o evento. Caso não surjam sempre candidatos à organização, os bombeiros lousadenses comprometem-se a manter vivo o evento, ou pelo menos realizá-lo sempre de 10 em 10 anos, sendo o próximo nos 100 anos dos Bombeiros Voluntários de Lousada.

Porquê Bombeiro d’Ouro? “Porque alguém que se compromete aos sete anos de idade a apaixonar-se por uma causa, que lhe vai dar valores éticos e morais, e que se predispõe a ajudar é alguém que é de ouro”, acredita o comandante.

Fonte: Verdadeiro Olhar

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.