Governo distingue bombeiros mortos em serviço com medalha de mérito de protecção e socorro

0

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, distinguiu, a título póstumo, dois bombeiros portugueses mortos este ano em serviço com a medalha de mérito de proteção e socorro, segundo uma portaria publicada hoje em Diário da República (DR).

Uma das pessoas distinguidas foi a bombeira Paulina Maria Gonçalves Pereira, dos Bombeiros Municipais de Abrantes, que morreu em julho na sequência do despiste do veículo em que seguia, para combater um incêndio florestal, no lugar de Vale das Mós, freguesia da Bemposta.

“Ao longo dos seus 18 anos de serviço soube cumprir as missões que lhe foram confiadas, com grande abnegação, invulgar apego e dedicação, nunca descurando os seus deveres, tendo-se distinguindo pela competência e profissionalismo, prestando dessa forma serviços muito meritórios ao país”, lê-se no Diário da República.

O bombeiro Vítor Manuel Mendes Joaquim, dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos, foi também distinguido a título póstumo pelos serviços prestados à sociedade.

Vítor Manuel Mendes Joaquim morreu em agosto durante as operações de combate a um incêndio florestal na freguesia de Azeitão, quando regressava à frente do fogo depois de ter ido abastecer uma viatura.

No regresso, foi “surpreendido com uma alteração brusca do comportamento do incêndio, alinhado com um vale encaixado, com sobrantes de corte de eucaliptal, provocando um ambiente hostil de fumo e fogo, tendo como consequência levado ao despiste do veículo e consequente morte do único ocupante”, lê-se no DR.

“Bombeiro possuidor de sólida formação moral e inexcedível correção, revelou em todos os seus atos de serviço uma invulgar presteza e desmedida camaradagem, tendo dado provas inequívocas de abnegação e inquebrantável voluntarismo, a par de um entusiasmo notável que dedicava às funções desempenhadas”, acrescenta o Diário da República.

FONTE: Diário Digital com Lusa

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.