Escola de Bombeiros participa em projeto europeu de combate a grandes incêndios

0

transferir (1)A Escola Nacional de Bombeiros (ENB) anunciou hoje que vai participar num projeto europeu para melhorar a coordenação da resposta do combate a grandes incêndios florestais através do desenvolvimento de cenários de simulação em realizada virtual.

Num comunicado enviado à agência Lusa, a ENB refere que fazem parte deste projeto europeu, denominado IGNIS, Portuga, França, Itália e Inglaterra.

Segundo a Escola Nacional de Bombeiro, o Projeto IGNIS foi lançado para melhorar a coordenação da resposta europeia através de uma doutrina na intervenção comum, tendo em conta o aumento significativo de grandes incêndios florestais na Europa e o impacto das alterações climáticas na resposta operacional de cada país.

Cada parceiro vai dispor de uma solução móvel de simulação que lhe permitirá realizar exercícios para testar procedimentos e cenários específicos de acordo com a realidade de cada país, bem como os objetivos e protocolos do Mecanismo de Proteção Civil da União Europeia.

Este projeto de dois anos conta com a aprovação da Direção-Geral da Ajuda Humanitária e da Proteção Civil (ECHO) e o apoio da Comissão Europeia com um orçamento compartilhado de mais de 650.000 euros.

Para o presidente da ENB, José Ferreira, o projeto IGNIS “vai proporcionar uma melhor preparação e coordenação durante as intervenções conjuntas de combate aos incêndios florestais”.

A ENB, que forma os bombeiros e outros agentes de proteção civil portugueses, tem desde um Centro de Simulação e Realidade Virtual desde 2015 e já se realizaram, desde então, cerca de 20 cursos na área da gestão de operações para chefias e quadros de comando dos corpos de bombeiros.

CMP // PMC

Lusa/Fim

Sobre o autor

Pedro Fonseca

Pedro Fonseca

É natural e residente em Gouveia, a sua vida profissional está ligada nestes últimos 16 anos à área de consultadoria em seguros. Em 2013 foi fundador da empresa LICATEL - Soluções em Telecomunicações onde é sócio/gerente. Desde tenra idade ingressou nas camadas jovens dos Bombeiros de Gouveia tendo permanecido alguns anos nos quadros, ultimamente passou pela Direcção da referida Instituição dinamizando a área de comunicação e imagem. Frequentou a licenciatura em Gestão de Marketing no IPAM de Aveiro. Passou por diversas Associações de Gouveia dando o seu contributo.