Reino Unido: camião especial para resgate de obesos gera controvérsia

0
Camião especial - imagem Newsteam

Camião – imagem Newsteam

O veículo pesado, na imagem, é especialmente adaptado com uma grua para dar resposta a operações de emergência relacionadas com a obesidade. Apelidado The Brute, o veiculo guindaste, imponente na sua estrutura mecânica, custou aos bombeiros do Reino Unido cerca de 300 mil libras, perto de 400 mil euros.

Esta aquisição, justificada pelo serviço de Bombeiros Derbyshire Fire & Rescue, na cidade de Deby (região leste de Inglaterra) com o aumento do número de operações relacionadas com a obesidade, rápido gerou críticas pelo valor investido. O Diretor Executivo da Aliança dos Contribuintes, Jonathan Isby, reconhece que a obesidade pode ser um problema, no entanto, tendo em conta os recursos financeiros, considera que o dinheiro teria sido melhor gasto noutra coisa – “Esta é uma quantia preocupante, gasta em uma única aquisição de equipamento”.

Na resposta, o Serviço de Bombeiros, sublinhou que o camião é vital para as operações, garantiu que foram ainda compradas correias de lona para ajudar as equipas a mover a pessoa obesa, uma vez que é muito difícil transporta-la para uma ambulância.

O Vice – Chefe Oficial de Fogo, Gavin Tomlinson, mostrou-se deveras preocupado com a taxa de obesidade no Reino Unido, que vez que não pára de aumentar. As últimas estatísticas mostram que os resgates subiram 83 por cento entre o exercício de 2011-12,  houve 12, e 2014-15, houve 22. Por isso, querem-se “garantidas condições de segurança”.

O responsável acrescentou ainda que o veículo poderá também ser usado para levantar animais de grande porte.

Um residente de Derby, Marcus Jacobs, também não poupou nas criticas – “é uma vergonha” – e defendeu que “o investimento que deve ser feito em primeiro lugar é na prevenção da obesidade.”

O camião especial  para obesos a gerar controvérsia no Reino Unido…
E vocês, o que acham deste veículo?

Fonte: Bombeiros.pt/telegraph.co.uk

Sobre o autor

Mónica Costa

Mónica Costa

É natural de Tabuaço, licenciada em Comunicação e Relações Económicas e estudante em Mestrado em Marketing e Comunicação. Foi jornalista na Rádio F até 2013 e apesar de nunca ter estado diretamente ligada ao mundo dos bombeiros, acompanhou sempre com um enorme respeito e admiração o seu trabalho. Na atualidade integra a equipa da Direção informativa do portal bombeiros.pt.