Açores – Socorro com Moto 4 e Atrelado de Salvamento.

0

O Corpo de Bombeiros da Calheta na Ilha de São Jorge realizou ontem dia 25 de janeiro um transporte de uma vitima, empenhando pela primeira vez em operação real, a Moto 4 Socorro com Atrelado de Salvamento.

@SRPCBA

@SRPCBA

A operação desenvolveu-se na Fajã da Fragueira onde foram empenhados 3 elementos deste Corpo de Bombeiros, 1 Ambulância de Socorro, 1 Auto-Apoio e 1 M4S com atrelado de salvamento.

Segundo informação do Comandante do Corpo de Bombeiros, o empenhamento deste novo meio, permitiu reduzir de 8 elementos para 3 na resposta operacional, assim como o tempo de operação no respetivo trilho foi de 42 minutos, sendo no passado nunca menos de 4 horas com uma equipa apeada.

Podemos concluir que efetivamente este meio veio permitir uma mais rápida e eficaz abordagem às vitimas em locais de difícil acesso, nomeadamente nos trilhos de acesso às Fajãs, assim como reduzir em cerca de ¼ o tempo de resposta.

Fonte – SRPCBA

12552935_979563178779486_5836182286623867415_n 12573876_979563312112806_6382693396596997233_n 12631400_979563198779484_1937277932436447706_n 12642707_979563425446128_7082672561137630990_n 12644989_979563492112788_5129651409399341702_n 12645238_979563305446140_4687218368345203377_n

Sobre o autor

Ângelo Santos

Ângelo Santos

E natural do Porto e criado em Gondomar, assume-se como um “tripeiro de gema” pela forte influência e proximidade à cidade do Porto. Nasceu praticamente no seio dos bombeiros derivado à presença de familiares nas fileiras, onde de perto acompanhou a sua evolução e ganhou gosto pela causa. Integra na atualidade o corpo de bombeiros de Valbom no Concelho de Gondomar, onde exerce funções de bombeiro de 2º, com vínculo profissional de Operador de Comunicações. Fez ainda parte do projeto bombeirosdeportugal.com.