“Haka” homenageia bombeiros do 11 de setembro

0

imageMais de 160 bombeiros de Nova Zelândia executaram uma “haka”, no último domingo, para homenagear os colegas norte-americanos que perderam a vida durante os ataques terroristas do 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque.

Durante a cerimónia “Memorial Firefighter Stair Climb”, realizada no Sky Tower, em Auckland, Nova Zelândia, cerca de 160 bombeiros dançaram em memória dos colegas que morreram durante os ataques às Torres Gémeas.

O evento contou com a presença de Steven San Filippo, bombeiro de Nova Iorque e chefe de um batalhão que esteve nas operações de resgate no Ground Zero. “Foi uma honra homenagearem os colegas aqui, no outro lado do mundo”, disse.

Os organizadores do evento relembraram os nomes dos 343 bombeiros norte-americanos que perderam a vida há 15 anos, assim como os 56 bombeiros de Nova Zelândia que morreram enquanto serviam o país.

A “haka” é uma dança tradicional do povo Maori, mas conhecida internacionalmente pela performance de intimidação no início dos jogos de rugby da seleção da Nova Zelândia.

In JN

 

Sobre o autor

Sérgio Cipriano

Sérgio Cipriano

Natural de Gouveia e licenciado em Comunicação Multimédia pelo Instituto Politécnico da Guarda. Ingressou nos bombeiros com apenas 13 anos de idade e hoje ocupa o cargo de sub-chefe. É um dos fundadores da Associação Amigos BombeirosDistritoGuarda.com e diretor de informação do portal www.bombeiros.pt, orgão reconhecido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.