Incêndio destrói fábrica de calçado e danifica têxtil

0

Os Bombeiros Voluntários de Guimarães passaram a madrugada desta sexta-feira no combate a um grande incêndio que deflagrou numa fábrica de calçado da freguesia de Calvos.

O fogo na fábrica, na Rua Souto da Bouça, perto da zona da Lapinha, acabaria por se alastrar a um armazém de vestuário mas a rápida ação dos quase 30 bombeiros que o combateram conseguiu impedir que a zona têxtil também ficasse destruída.

Ao que o JN apurou, o fogo deflagrou na fábrica de calçado Sábioriso. A unidade industrial tinha estado a laborar até às 23 horas e as causas do fogo ainda são desconhecidas. Ao lado, a têxtil Guardião do Pólo ficou danificada com o fumo e calor.

“Quando chegamos, a parte do calçado já estava toda tomada e não havia mais nada a fazer a não ser efetuar o corte na zona de passagem para o armazém de vestuário”, disse Bento Marques, comandante dos Bombeiros de Guimarães, no local. O trabalho foi muito dificultado pelo perfil labiríntico dos dois espaços contíguos, para além do fumo e calor sentido pelos bombeiros durante o combate.

Tendo em conta que os bombeiros conseguiram evitar que as chamas alastrassem para a zona do têxtil, Bento Marques considera que os seus homens “fizeram um bom trabalho” resultante da preparação realizada “na formação para este tipo de ocorrências”.

O alerta para o incêndio foi dado poucos minutos depois das 00.40 horas e o fogo só ficou dominado mais de três horas depois, entrando em fase de rescaldo já perto das 4 horas da manhã. No local mantém-se uma equipa de prevenção.

Fonte: JN

 

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.