Câmara de Paredes entregou 166 mil euros em subsídios aos bombeiros e Cruz Vermelha do concelho

0

As Associações humanitárias dos bombeiros voluntários e delegações da Cruz Vermelha do concelho receberam, hoje, parte dos subsídios anuais. Ao todo a Câmara Municipal de Paredes entregou 166.250 euros.

“Com esta entrega regularizamos os subsídios em atraso. Em Setembro, recebem outra tranche igual”, garantiu Celso Ferreira. Autarca promete mais apoios aos bombeiros até ao final do mandato

Cada uma das cinco corporações de bombeiros do concelho – Baltar, Cete, Lordelo, Paredes e Rebordosa – recebeu um cheque de 31.750 euros. Já as delegações da Cruz Vermelha de Sobreira e Vilela receberam apoios de 3.750 euros, respectivamente.

A entrega destes subsídios, só foi possível graças ao “arrumar da casa em relação à situação financeira” da autarquia, disse o presidente da Câmara Municipal de Paredes. “Hoje a dívida da Câmara já não é tema. Está mais que controlada. Abdicamos de parte do investimento para fazer esta consolidação económica e financeira”, admitiu Celso Ferreira.

Por outro lado, o autarca realçou que a área da Protecção Civil tem merecido grande apoio da Câmara. “Desde que sou presidente foram investidos mais de três milhões de euros em apoios e equipamentos”, frisou. Fora dessas contas ficam o edifício da Cruz Vermelha de Sobreira e as obras no de Vilela, assim como o heliporto de Baltar ou obras de remodelação nos vários quartéis.

Até ao final do mandato, disse Celso Ferreira, ainda serão feitos investimentos na plataforma mecânica dos Bombeiros de Paredes, que chega por estes dias, e melhorias no quartel de Cete, a remodelação do de Rebordosa e a ampliação do de Lordelo.

Fonte: Verdadeiro Olhar

Sobre o autor

Ana Romaneiro

Ana Romaneiro

Nasceu em Évora onde cresceu e estudou. Desde muito cedo que partilha o gosto pela informática, que, a levou a tirar um curso profissional técnico de Gestão de Sistemas Informáticos, profissão que exerce na atualidade. A sua ligação aos bombeiros surge aos 13 anos ao entrar na fanfarra dos Bombeiros de Évora, onde permaneceu até 2013. Na atualidade integra a corporação os Bombeiros de Reguengos de Monsaraz, no posto de bombeira de 2º.