Recuperação da área ardida do incêndio de Picões

0

Recuperação da área ardida do incêndio de Picões

O Relatório que se segue foi elaborado pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território em consequência do grande incêndio florestal de Picões.

O grande incêndio florestal de Picões (GIF Picões), iniciado no dia 8 de Julho de 2013 no concelho de Moncorvo e dado por dominado na madrugada do dia 12 de Julho, constitui o maior incêndio florestal de sempre na região do Alto Douro.

O presente relatório técnico teve como objetivo enquadrar administrativamente o território afetado pelo grande incêndio florestal (GIF) de Picões e caraterizar os impactos na vertente dos espaços florestais e das áreas classificadas tendo em vista a identificação, numa primeira fase, das medidas de estabilização de emergência e restauro ecológico, para que numa segunda fase se procedesse ao restabelecimento do potencial produtivo para suporte das atividades florestais e reposição dos valores ecológicos e sócio-económicos.

Recuperação da área ardida do incêndio de Picões

Os relatórios técnicos permitem uma melhor compreensão da situação em causa, para que em situações futuras, se organizem de formam mais célere as metas, para as quais as instituições estão comprometidas.

Sobre o autor

luis.andrade

luis.andrade

É natural da Guarda e Licenciado em enfermagem, tendo obtido também uma pós-graduação em Urgência e Emergência Hospitalar e uma pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. Durante a frequência do curso de licenciatura em enfermagem, colaborou, como voluntário, na delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa. Na atualidade exerce a profissão de enfermeiro no Funchal e integra a corporação dos Bombeiros Madeirenses, onde ocupa o posto de subchefe equiparado.